quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Yee jii Kim Yeung Mah; Pra que serve?? Yee jii Kim Yeung Mah; What is it for?

Um dos principais princípios á serem aprendidos logo no primeiro momento de prática do sistema Wing Chun é aprender a como desenvolver uma boa base. Uma boa base de sustentação é imprescindível para desenvolvermos uma movimentação efetiva e que possibilite utilizarmos os desdobramentos técnicos que veremos mais á frente, como o passar do tempo de prática.
Wing Chun é como construir uma casa; Ninguém consegue construir uma casa começando do teto! È preciso estabelecer uma boa base para poder levantar paredes e da mesma maneira, para lutar com eficácia, é necessário construir uma boa base.

Mas uma das bases mais subestimadas dentro do próprio sistema Wing Chun é a sua base principal; Yee Jee Kim Yeung Mah.

One of the key principles to be learned as early as the first moment of practicing the Wing Chun system is to learn how to develop a good foundation. A good base of support is essential to develop an effective movement and that allows us to use the technical developments that we will see later, such as the passing of practice time.
Wing Chun is like building a house; No one can build a house starting from the ceiling! It is necessary to establish a good base to be able to lift walls and in the same way, to fight effectively, it is necessary to build a good base.

But one of the most underrated bases within the Wing Chun system itself is its main base; Yee Jee Kim Yeung Mah.


Essa é, em muitas escolas, a primeira coisa a ser ensinada ao aluno iniciante, muito embora, seja ensinada de maneira muito superficial. Devido a vários fatores, essa base é muito pouco explicada ao praticante novato e acredite, alguns poucos professores conhecem de fato o pra quê e o porquê de se assumir uma posição tão exótica. Nesta matéria, tentaremos dar um ''whole picture'', uma visão geral a respeito deste princípio técnico e você que já pratica a arte com algum SiFu, poderá complementar com maiores detalhes.


Yee Jee Kim Yeung Mah já foi assunto aqui no blog há alguns anos e você poderá dar uma conferida neste link; http://blogdodido-dido.blogspot.com.br/2011/07/yee-ji-kim-yeung-mah-o-alicerce-do-ving.html
Mas como poderemos executá-la e utilizá-la de maneira apropriada? Como poderemos desenvolver uma boa movimentação através de uma base supostamente ''parada''? È isso o que veremos adiante...

This is, in many schools, the first thing to be taught to the beginning student, even though it is taught in a very superficial way. Due to several factors, this base is very little explained to the beginner practitioner and believe me, a few professors really know what for what and why to assume such an exotic position. In this matter, we will try to give a "whole picture", an overview on this technical principle and you who already practice the art with some SiFu, can complement in more detail.


Yee Jii Kim Yeung Mah has been a subject on the blog for some years now and you can check out this link; Http://blogdodido-dido.blogspot.com.br/2011/07/yee-ji-kim-yeung-mah-o-alicerce-do-ving.html
But how can we execute and use it properly? How can we develop good movement through a supposedly '' stalled '' base? This is what we will see ...


Resultado de imagem para yee jee kim yeung ma

Yee Jee Kim Yeung Mah; Qual é a ideia por trás desa base?

A ideia por trás do Yee Jee Kim Yeung Mah nos remete á época em que os ancestrais do sistema viajavam nos botes vermelhos de ópera chinesa; Quando estes precisavam usar seus movimentos marciais, notaram que precisavam estabilizar seu peso de maneira adequada ao balançar da embarcação. Isso explica o porque de quando fazemos o procedimento para assumir-mos a postura de yee jii kim yeung mah, ao jogar o peso um pouco para frente, os dedos dos pés se contraem ''amarrando'' o pe no chão. Isto com o intúito de criar o máximo de estabilidade e o máximo de enraizamento.
Os principais pontos á serem considerados para uma boa execução dessa postura fundamental são;

1 - Você deve, nesta postura, utilizar os joelhos como amortecedores e fazer com que seu peso siga para baixo e levemente ( !)  para frente. Isto para criar - mais uma vez - estabilidade. A ideia é permanecer esquadrinhado e equilibrado, no entanto firme e ao mesmo tempo, numa postura onde você poderá desenvolver para outras posturas; È á partir de Yee jee Kim Yeung Mah, que todas as outras bases do sistema Wing Chun se desenvolvem.

Yee Jii Kim Yeung Mah; What is the idea behind the base?

The idea behind Yee Ji Kim Yeung Mah refers back to the time when the ancestors of the system traveled in the red boats of Chinese opera; When they needed to use their martial movements, they noticed that they needed to stabilize their weight appropriately as the boat swayed. This explains why when we do the procedure to assume the posture of yee jii kim yeung mah, as we play the weight a little forward, our toes contract '' tying '' the foot to the ground. This in order to create maximum stability and maximum rooting.
The main points to be considered for a good execution of this fundamental posture are;

1 - You should, in this posture, use your knees as buffers and cause your weight to go down and slightly (!) Forward. This to create - once again - stability. The idea is to remain scrutinized and balanced, yet firm and at the same time, in a posture where you can develop into other positions; It is from Yee ji Kim Yeung Mah that all other bases of the Wing Chun system are developed.

2- Mantenha sua região coxo-femoral com firme musculatura, de forma que você sinta a pressão e a contração muscular, mandando seu peso para baixo, de maneira perpendicular ao solo e com pressão, como se segurasse uma bola imaginária entre as coxas,mas, sem forçar os joelhos demais para dentro. Faça um leve movimento de deflexão da pélvis, colocando-a levemente para frente, de forma a fazer com que o peso corporal possa se estabilizar. Em alguns tratados chineses, essa postura facilita a circulação do Ch'i no Tan Tien, ou seja, o ponto gravitacional. Em termos práticos, significa apenas um movimento que visa ''assentar'' o peso do corpo. Neste ponto, seus glúteos devem estar contraídos e firmes, como se você estivese realmente sentado em alguma superfície. Alguns instrutores creditam essa postura á ideia de ''sentar no carneiro'', já que a nomenclatura faz menção ao animal. Na postagem anterior, mencionamos isso...

2- Maintain your limp-femoral region with firm musculature, so that you feel the pressure and the muscular contraction, sending your weight down, perpendicular to the ground and with pressure, as if securing an imaginary ball between the thighs, but , Without forcing the knees too far inward. Make a slight deflection of the pelvis, putting it slightly forward, so that the body weight can stabilize. In some Chinese treatises, this posture facilitates the circulation of Ch'i in Tan Tien, that is, the gravitational point. In practical terms, it means only a movement that aims to "set" the weight of the body. At this point, your glutes should be tight and tight, as if you were actually sitting on some surface. Some instructors credit this position with the idea of "sitting on the ram", since the nomenclature mentions the animal. In the previous post, we mentioned this ...

(Si Jo Ip Man em Yee Jii Kim Yeung Mah - Jong Sau)
(Si Jo Ip Man in Yee Jii Kim Yeung Mah - Jong Sau)

3- Voltando a ideia de enraizamento; Essa é uma ideia bem simples e não tem nada a ver com a idéia de que você possa ficar no mesmo lugar, mesmo com 20 pessoas tentando lhe empurrar. Isso é showbussines!  Enraízamento, neste caso, é buscar estabilidade. Usando um exemplo bem besta; Imagine um pedaço de madeira fincado na terra. Quando você o empurra, ele fica dificil de ser movido; Mas mesmo que você consiga quebrar essa madeira, a parte que ficou dentro da terra permanece. Consegue visualizar isso?

3 - Returning to the idea of rooting; This is a very simple idea and has nothing to do with the idea that you can stay in the same place even with 20 people trying to push you. That's showbussines! Rooting, in this case, is seeking stability. Using a very stupid example; Imagine a piece of wood stuck in the dirt. When you push it, it gets hard to move; But even if you can break this wood, the part that remained inside the earth remains. Can you visualize that?

4 - Sau Kuen e Jong Sau são posturas de mãos e de guarda, respectivamente, que são complementares ao Yee Jii Kim Yeung Mah, que estará ali para dar a sustentação necessária aos movimentos que se seguem á partir deles. portanto mantenha seus ombros relaxados e em quando estiver em Sau Kuen, erga ao máximo suas mãos. Mantenha seu cotovelo o mais alto e mais para trás sem afetar os ombros, já que seu peso estará apoiado de forma esquadrinhada na postura de base, você poderá concentrar em executar essas posturas de mão de maneira mais fácil. Daí vem o aforismo que diz que - ''Um bom movimento de mãos sem uma boa base é ínútil. Uma boa base sem movimentação de mãos também é inútil.''

4 - Sau Kuen and Jong Sau are positions of hands and guard, respectively, which are complementary to Yee Jii Kim Yeung Mah, who will be there to give the necessary support to the movements that follow their torment. So keep your shoulders relaxed and when you are in Sau Kuen, lift your hands to the maximum. Keep your elbow higher and farther back without affecting the shoulders, since your weight will be squarely supported in the base posture, you can focus on performing these hand positions more easily. Hence comes the aphorism that says - "A good hand movement without a good base is inexhaustible. A good base without handshaking is also useless. ''

5 - Mantenha sempre a triangulação. Tudo no Wing Chun é executado em cunhas triangulares e em movimentos estruturalmente triangulares. Os pés em Yee Jee Kim Yeung Mah formam, um triangulo imaginário no chão. Isto vem tanto de influências ancestrais, no sentido da tradição oral do sistema, quanto de sentido prático; A ideia é á partir das cunhas triangulares, cobrir a linha de centro, além de permitir giros de base sem perder a triangulação. Por isso,  não deixe seus pés irem deslizando aos poucos e lentamente; De preferência, treine essa base descalço, para poder sentir melhor seu peso, sua energia indo em direção ao solo.

5 - Always maintain triangulation. Everything in Wing Chun runs on triangular wedges and structurally triangular movements. The feet in Yee Jee Kim Yeung Mah form, an imaginary triangle on the floor. This comes as much from ancestral influences, in the sense of the oral tradition of the system, as of practical sense; The idea is to start from the triangular wedges, to cover the center line, besides allowing basic turns without losing the triangulation. So do not let your feet slip slowly and slowly; Preferably, train this barefoot base so you can feel your weight better, your energy going toward the ground.

6 - Não pule ao executar a abertura da base. Metade dos caras que praticam Wing Cun tem por costume de quando fazem a primeira abertura e seguem para a segunda abertura, invertendo os calcanhares, levantam-nos e acabam dando pulos para poder realizar a postura de pés. O ideal é não tirar nenhuma parte dos pés do chão em nenhum momento.

6 - Do not jump when executing the opening of the base. Half of the guys practicing Wing Cun have a custom of when they make the first opening and move on to the second opening, reversing their heels, lifting them up and ending up jumping in order to perform the feet posture. Ideally, do not take any part of your feet off the floor in no time.

7 - Baixe sua base ao máximo e nunca, em hipótese nenhuma, estique os joelhos. Novatos em especial tem a tendência de ''descansar'', saindo dessa postura e esticando os joelhos. Tente passar a maior parte do tempo nessa postura; - Lembro-me de que quando fui a primeira vez á salvador numa viagem de 3 dias em que aprendi o Siu Lin Tau, enquanto SiFu explicava conceitos e princípios, eu simplesmente ficava em Yee Jee Kim Yeung Mah. Tanto que ganhei uma cicatriz no calcanhar direito devido a fricção que sapato estilo 'futsal' fez. Portanto; Não saia dessa base!

7 - Lower your base to the maximum and never, under no circumstances, stretch your knees. Newbies especially have a tendency to 'rest', coming out of this posture and stretching their knees. Try to spend most of your time in this posture; "I remember when I first went to the savior on a three-day trip in which I learned the Siu Lin Tau, while SiFu explained concepts and principles, I simply stayed in Yee Jee Kim Yeung Mah. So much so that I got a scar on the heel Right due to friction that 'futsal' style shoe did. Therefore; Do not leave that base!

Pra quê serve essa base no fim das contas?

Por se tratar de uma base em que estamos totalmente de frente, esta postura acaba se tornando uma base ''neutra''. Com isso quero dizer que uma vez em que você coloca um dos lados do corpo á frente, direito ou esquerdo,  você já define uma configuração; Qual lado está mais próximo do seu alvo e qual lado estará mais distante; Em Yee Jii Kim Yeung Mah, você não define. No entanto, você tem a capacidade de alcance usando ambas as mãos e pés. Ainda assim, Yee Jii Kim Yeung Mah é uma base fundamental que visa treinar conceitos e não serve necessariamente para lutar. Muito embora, uma postura neutra traga algumas vantagens estratégicas, essa portura de base tem muito mais a ver com a idéia de criar uma boa estrutura para desenvolver bons básico. Boa parte dos exercícios á serem trabalhados e  treinados no sistema, podem ser praticados nesta postura, ou a partir dessa postura.

Toy Mah ( empurrar a base), Hau Mah ( base atrás), Joh Mah ( cavar a base), dentre tantas outras posturas de base, advêm de Yee Jii Kim Yeung Mah.

What is the basis for this in the end?

Because it is a basis on which we are totally at the front, this stance becomes a "neutral" basis. By this I mean that once you put one side of the body forward, right or left, you already define a setting; Which side is closest to your target and which side is more distant; In Yee Jii Kim Yeung Mah, you do not define. However, you have the ability to reach using both hands and feet. Still, Yee Jii Kim Yeung Mah is a fundamental basis that aims to train concepts and does not necessarily serve to fight. Although a neutral stance brings some strategic advantages, this basic stance has much more to do with the idea of ​​creating a good framework for developing good basics. Many of the exercises to be worked and trained in the system can be practiced in this posture, or from this posture.

Toy Mah (pushing base), Hau Mah (base behind), Joh Mah (digging the base), among many other basic postures, come from Yee Jii Kim Yeung Mah.



Resultado de imagem para dido wing chun

( Durante os fighting drills, eu executo Yee jii Kim Yeung Mah em Jong Sau, de maneira mais relaxada)
(During the fighting drills, I perform Yee jii Kim Yeung Mah in Jong Sau, more relaxed)

Wing Chun FAQ - Perguntas frequentes;
Wing Chun FAQ - Frequently Asked Questions;

O quão distante os pés ficam um do outro?


Um grande mal-entendido referente á esta postura diz respeito a largura dos pés. Alguns professores estabelecem que executar apenas uma vez a abertura da base, já é o suficiente. Mas a realidade é que, isso depende de fatores muito particulares. Wing Chun é adaptável ao corpo de quem está praticando; Sendo assim, se um praticante tem ombros largos por exemplo, este poderá reajustar a abertura da base para que os pés fiquem apenas um pouco mais fora da linda lateral dos ombros. Se um praticante tem pés curtos demais, o bom é que ele possa achar uma maneira de procurar posicioná-los da melhor forma.

How far apart are the feet from each other?


A great misunderstanding concerning this posture concerns the width of the feet. Some teachers state that performing only once the opening of the base, is enough. But the reality is, this depends on very particular factors. Wing Chun is adaptable to the body of the practitioner; Thus, if a practitioner has wide shoulders for example, he may readjust the opening of the base so that the feet are just slightly off the beautiful shoulder side. If a practitioner has too short feet, the good thing is that he can find a way to seek to position them in the best way.

- Com devo posicionar minha coluna?

De maneira natural. Nunca tensionando para baixo, encurvando a coluna ou qualquer coisa do tipo. Permaneça com a coluna relaxada. O que você deverá sentir é a pressão do seu peso indo para o chão e a pressão dos seus pés resistindo contra. Isso fará com que você possa sentir seus braços mais livres para realizar posturas e movimentações técnicas sem a preocupação de estar prestando atenção todo o tempo na base.

- How should I position my column?

In a natural way. Never tensing down, bending the spine or anything of the sort. Stay with your spine relaxed. What you should feel is the pressure of your weight going to the floor and the pressure of your feet resisting against. This will allow you to feel your arms freer to perform postures and technical moves without the worry of paying attention all the time at the base.

- Porque a maioria dos praticantes de wing chun parecem estar com a cabeça erguida quando entram nessa base?

Isso porque a ideia de ter a coluna em linha reta e o quadril levemente para frente, faz com que muitos praticantes ergam o queixo. Essa ideia está bem equivocada....
Você deve estar sempre encarando seu oponente, imaginário ou não. Levantar a cabeça erguendo o queixo demais você estará chamando o oponente a acertá-lo! Encare seu oponente de maneira natural. O quadril levemente colocado á frente tem por finalidade facilitar com que o peso corporal possa ir na direção apropriada, mais uma vez- buscando estabilidade. Não exagere ao colocar sua pélvis flectida para frente ou do contrário sua coluna ficara muito erguida e sua cabeça estará apontada para cima. Apenas relaxe e faça.

- Why do most wing chun practitioners seem to be holding their heads up when they enter this base?

This is because the idea of having the spine straight and the hip slightly forward, causes many practitioners to lift their chin. This idea is quite wrong ....
You should always be facing your opponent, imaginary or not. Raise your head by lifting your chin too much you will be calling the opponent to hit him! Face your opponent naturally. The hip slightly placed at the front is intended to facilitate the body weight can go in the proper direction, once again - seeking stability. Do not overdo it by placing your bent pelvis forward or else your spine will stand up high and your head will be pointed up. Just relax and do it.

- È normal sentir dores nos joelhos nessa base?

A idéia é usar os joelhos para suportar o próprio peso e deixar o resto do corpo livre para ações diversas. Mas tudo deve ser feito buscando a facilidade. Se em qualquer atividade física você se sentir desconfortável, pare no mesmo instante! Algumas coisas no Wing Chun dependem basicamente de alinhamento ósseo e uma vez que você não consiga executar determinados movimentos, deve buscar uma maneira que esse movimento possa ser executado levando em conta a estrutura do seu corpo.

Por enquanto é isso pessoal. Se você tem mais dúvidas sobre esse assunto, mande sua pergunte ou pergunte ao seu SiFu á respeito.

Um abraço.

- Is it normal to have knee pains on this base?

The idea is to use the knees to support one's own weight and leave the rest of the body free for various actions. But everything should be done by seeking ease. If in any physical activity you feel uncomfortable, stop at once! Some things in Wing Chun basically depend on bone alignment and once you can not perform certain movements, you should look for a way that this movement can be performed taking into account the structure of your body.

For now this is personal. If you have more questions on this subject, send your question or ask your SiFu about it.

A hug.





    













Dido
Discípulo particular do SiFu Marcos de Abreu em Recife-PE-Brasil


Dido
Private disciple of SiFu Marcos de Abreu in Recife-PE-Brazil





domingo, 30 de julho de 2017

Informativo Brazilian Wing Chun Academy Núcleo Recife; Mais uma unidade no mês de Agosto! ( Portuguese only)

Resultado de imagem para academia saude ativa



A partir do mês de agosto, o núcleo Recife da Brazilian Wing Chun Academy irá atuar também em Olinda!
Sim, agora nossas aulas de Wing Chun também vão acontecer na Academia Saúde Ativa, em Bairro Novo, bem próximo á beira mar em Olinda. Estamos com turmas em formação em diferentes horários.
A Academia Saúde ativa fica na rua Alberto Lundgreen, n 370, Bairro Novo. Esta é mais uma parceira arrojada que visa contribuir para a ampliação da Brazilian Wing Chun Academy em Recife e estamos super felizes e ansiosos para começar os trabalhos.


Lembrando que as atividades da Brazilian Wing Chun Academy na Eden - Escola de Danças e Exercícios naturais também continuam! A Eden fica na Rua Jacob Velosino, n 1248 em Casa Forte.


Maiores informações;


( 81) 9 -99380681


e-mail; aldarylucena@hotmail.com




    













Dido
Discípulo particular do SiFu Marcos de Abreu em Recife-PE-Brasil


Dido
Private disciple of SiFu Marcos de Abreu in Recife-PE-Brazil

quinta-feira, 20 de julho de 2017

44 aniversário de falecimento de Si Jo Bruce Lee/ 44 aniversary of SiJo Bruce Lee

Inquieto...
Intenso...
Controverso...
Genial...
Mito!

Bruce Lee mudou drasticamente o rumo das artes marciais, do cinema de ação e da indústria do entretenimento, pouco antes do final do século XX e ainda hoje, 44 anos após a sua morte, continua exercendo influencia!

 È extremamente redundante falar; Bruce Lee foi o herói não só de uma geração, mas de várias gerações! Muitos mestres marciais de renome e de importância no mundo hoje, foram influenciados diretamente por ele em algum determinado momento. Tanto é que até hoje, o título de ''Rei do Kung Fu'' ou ''Rei das artes marciais'', ainda é seu e dificilmente aparecerá outra pessoa que possa ''destrona-lo''!

Como todos sabem, sua filmografia é bastante curta, mas foi o suficiente para alça-lo á astro internacional. Sua dedicação, disciplina e foco para o desenvolvimento das artes marciais chinesas até hoje serve de exemplo para muitas pessoas que desejam ter uma qualidade de vida saudável .

Por incrível que pareça, publicações sobre Bruce Lee ainda hoje são muito procuradas e fazem sucesso ao redor do mundo; Vários livros, revistas, filmes e documentários foram realizados para memorá-lo; Alguns ótimos, já outros...terríveis! Mas independente de qualquer coisa, um homem que tenha feito da sua vida um caminho para o autodesenvolvimento e autocultivo, elevando ao máximo suas capacidades em tudo o que se propunha á fazer, é realmente alguém que valha a pena memorar!

Em nosso blog , fizemos uma pequena homenagem á este nome que se tornou um dos posts mais visitados nos últimos anos, mas sem querer alongar demais, basta dizer que o mito ''Bruce Lee'' parece que irá permanecer por muito mais tempo...

Unquiet ...
Intense ...
Controversial ...
Great ...
Myth!
 
Bruce Lee has drastically changed the direction of martial arts, action film and the entertainment industry shortly before the end of the 20th century and still today, 44 years after his death, continues to exert influence! It is extremely redundant to speak; Bruce Lee was the hero not only of a generation, but of several generations! Many renowned and important martial artists in the world today were influenced directly by him at some point in time. So much so that the title of '' King of Kung Fu '' or '' King of martial arts '' is still yours, and hardly anyone else who can "dethrone" it! As everyone knows, his filmography is quite short, but it was enough to bring him to an international star. His dedication, discipline and focus for the development of Chinese martial arts to date serves as an example for many people who want a healthy quality of life.
 
Amazingly, publications about Bruce Lee are still in demand and their successes around the world; Several books, magazines, films and documentaries made to memorize it; Some great, some others ... terrible! But regardless of anything, a man who has made his life a path to self-development and self-cultivation, maximizing his capabilities in everything he is prone to do, is truly someone worth remembering!
 
In our blog, we did a little homage to this name, it's one of the most visited posts in recent years, but unintentionally throughout, suffice to say that the myth '' Bruce Lee '' just to stay for a much more longer time

Resultado de imagem para in love memory bruce lee

sexta-feira, 14 de julho de 2017

Youtube Fighters; Até onde vai a falta de noção? / Youtube Fighters; How far is the lack of notion?

Resultado de imagem para fake kung fu

Recentemente fui questionado por um amigo em comum em uma rede social sobre um determinado vídeo de um determinado youtuber. No vídeo, o ''professor Z'' proclama ensinar os básicos do sistema Wing Chun com aquele discurso já extremamente enfadonho e chato;  - ''A melhor arte marcial do mundo''...." O sistema mais eficiente que existe ''...e bla bla bla e bla bla bla...Não vou nem mencionar a técnica que obviamente, vocês que lêem esse blog aqui já imaginam como deve ser...È aquela coisa lastimável e caricata de sempre!
Mas ok, seria muita pretensão minha dizer que só a nossa escola está correta nas técnicas e que nenhuma outra tenha valor, nos conceitos e em tudo o mais que cerca esse universo e baseando nisso, seria mais imprudente ainda que eu criticasse determinados ''professores'' que postam vídeos trazendo para si a insígnia de detentor de ''um sistema legítimo aprendido direto da fonte'' e mais um monte de lorota velha pra encher o saco...Existem escolas boas e ruins em todos os lugares e isso não é novidade pra ninguém. A ideia não é essa, pois por mais que existam ( e existem) escolas terríveis de wing chun espalhadas por ai, a idéia não é fazer uma critica á elas, pois até mesmo elas podem ter alguma coisa de valor a ser passada, quem sabe....Mas aproveitando esse ganho, resolvi fazer uma pequena análise do porque que esse fenômeno tem acontecido  nos últimos tempos que é;

I was recently questioned by a mutual friend on a social network about a particular video of a particular youtuber. In the video, '' Professor Z '' proclaims to teach the basics of the Wing Chun system with that already boring and annoying speech; - "The best martial art in the world" ... "The most efficient system that exists" ... ... and bla bla bla and bla bla bla ... I will not even mention the technique that obviously, you who read This blog here already imagine how it should be ... It is that pitiful and cheesy thing ever!
But okay, it would be very preposterous of me to say that only our school is correct in the techniques and that no other has value, in the concepts and in everything else that surrounds this universe and based on it, would be more reckless even if I criticized certain "teachers '' Who post videos bearing the badge of '' a legitimate system learned from the source '' and a lot of old fucking stuff ... There are good and bad schools everywhere and this does not It's news to anyone. The idea is not this, for although there are (and there are) terrible schools of wing chun scattered around, the idea is not to criticize them, because even they can have something of value to be passed, who knows .... But taking advantage of this gain, I decided to make a small analysis of why this phenomenon has happened in recent times that is;

O lutador de youtube VS O moleque sem noção VS quem realmente treina; Como distinguir quem é quem no jogo do bicho?

The youtube fighter VS The no-brainer VS who really trains; How to distinguish who is who?


Bem, na verdade, tutoriais na internet existem e não é de hoje; Se você procurar aulas de ''como fazer gelo'' até ''aulas práticas de pilotagem de aviões'', ou ''como hakear a polícia federal'' você certamente encontrará! A internet deu voz á e fama pra um monte de gente e claro, os professores de artes marciais viram isso como mais uma ferramenta de divulgação de sua arte, de sua escola, etc, etc...
Não há nenhum mistério; Escolas sérias de artes marciais chinesas usam a internet e suas possibilidades para se auto-divulgar e atrair alunos. Quando uma escola usa desses meios para sua promoção, percebe-se um zelo, um cuidado nas informações gerais, na grafia ou na dicção de um bom português ou inglês ( ou ambos), apresentam um trabalho coerente com aquilo que estão mostrando e mostram seriedade e compromisso com a arte e com sua transmissão As vezes, pode ser um trabalho muito mais simples, mas com um conteúdo em que você consegue perceber que há um valor ali... Isto é bem normal. Mas eu tenho uma frase que alguns amigos meus já conhecem; - ''A internet deu voz á todos, inclusive aos idiotas!'' E ai é que chegamos no ponto.

Well, actually, internet tutorials exist and are not today; If you look for lessons from '' how to make ice '' to '' practical flying lessons '', or '' how to hake the federal police '' you will surely find it! The internet gave voice and fame to a lot of people and of course, martial arts teachers saw this as another tool to promote their art, their school, etc, etc ...There is no mystery; Serious Chinese martial arts schools use the internet and its possibilities to self-advertise and attract students. When a school uses these means for its promotion, one perceives a zeal, a care in the general information, the spelling or the diction of a good Portuguese or English (or both), present a work coherent with what they are showing and show seriousness And commitment to art and its transmission Sometimes it can be a much simpler work, but with a content where you can realize that there is value there ... This is quite normal. But I have a phrase that some friends of mine already know; - '' The internet gave a voice to everyone, including idiots! '' And that's where we got to the point.

Resultado de imagem para fake kung fu youtuber
 
(O youtuber fanfarrão; Geralmente é um cara que não treina, não tem professor, ou treina no fundo do quintal de casa...)
(Youtuber brag, usually a guy who does not train, has no teacher, or trains in the backyard of the house ...)
 
 
È muito fácil reconhecer, especialmente em se tratando de Wing Chun, quando um youtuber realmente conhece o estilo ou quando treina realmente. Diferentemente daquele nerd magrela, ou fora de forma, que acha que sabe, que não tem um SiFu, não segue uma escola ou seguiu por um período de tempo curtíssimo e/ou faz somente pesquisas superficiais, ou que simplesmente acha que sabe, mas não sabe nada, o cara que realmente entende daquilo, antes de ter um ''canal'' e fazer moda criticando tudo e todos, o praticante de uma escola séria sabe que deve se manter treinado, que deve ter um SiFu com o qual possa realmente aprender e seguir uma linhagem legítima e saber que a sua arte marcial possui pontos muito fortes e pontos muitos fracos também, tendo auto-crítica. No fim das contas o ''mundo real'' não está na internet!
Para perceber quem realmente a diferença, basta ver o quão inexperiente e ingênuos são. Muitas vezes, dotados de uma arrogância descomunal, esses ''lutadores de youtchube '' ( sic) justificam a ideia de que não precisam treinar pois ''nunca irão lutar de verdade''...Não precisam de um professor pois '' Todos só querem saber de dinheiro''....E que segundo eles mesmos, '' Basta que eu colha os matérias e faça a pesquisa, então já saberei o estilo todo!''
Bem, inegável é o fato de que hoje em dia, tudo se encontra na internet. Se você procurar pelas formas mais avançadas do sistema Wing Chun - que são as armas - você vai encontrar vídeos demonstrativos, tutoriais sobre como construir e guarda-las, treinamento suplementar, etc...etc... Até certo ponto, não faria sentido algum pagar uma bagatela á um determinado mestre sabendo que basta uma pesquisa simples e você terá um pdf ou um documento word ou um vídeo de 1 hora explicando tudo passo á passo, certo?

It's very easy to recognize, especially when it comes to Wing Chun, when a youtuber really knows the style or when you actually train. Unlike the skinny or out-of-shape nerd, who thinks he knows, does not have a SiFu, does not follow a school or has been following a very brief period of time, and / or does only superficial research, or who simply thinks he knows, but does not. You know nothing, the guy who really understands that, before having a '' channel '' and making fashion criticizing everything and everyone, the serious school practitioner knows that he must keep trained, that he must have a SiFu with which he can really Learn and follow a legitimate lineage and know that his martial art has very strong points and many weak points too, having self-criticism. In the end, the 'real world' is not on the internet!To realize who the difference really is, just see how inexperienced and naive they are. Often endowed with enormous arrogance, these '' youtchube fighters '' (sic) justify the idea that they do not have to train because '' they will never really fight '' ... They do not need a teacher because '' All Just want to know about money '' .... And that according to themselves, '' Just that I collect the materials and do the research, then I'll know the whole style! ''Well, undeniable is the fact that nowadays, everything is on the internet. If you look for the more advanced forms of the Wing Chun system - which are the weapons - you will find demonstration videos, tutorials on how to build and store them, supplementary training, etc ... etc ... To some extent, it would not make sense Some pay a trifle to a particular master knowing that a simple search is enough and you will have a pdf or a word document or a video of 1 hour explaining everything step by step, right?

Bem, nem tanto...
Well, not so much ...

Por outro lado, sem a orientação devida de um SiFu qualificado, não adianta nada ter todo o material teórico sobre uma determinada linha de kung fu, seja lá que estilo for. Bom, para colecionadores, é sempre muito legal ter um material sobre um estilo de kung fu. Eu mesmo tenho algumas revistas antigas e livros sobre o assunto, já que é muito escasso o material sobre nosso sistema de combate. Então colecionar, como hobbie até que tudo bem, mas para praticar com e somente através esse material, não é, definitivamente, suficiente para formar um bom lutador, muito menos para se formar um bom professor, como parece ser a tendência da maioria dos ''lutadores de youtchube''; Ser um professor de luta reconhecido e faturar algum em cima....Mas é aquela ideia; Ninguém se forma em nível superior sem completar uma faculdade, muito menos sem um professor ou menos ainda na garagem de casa ou no fundo de um quintal...

E qual é a dica então?

Desconfie se o cara que está falando no vídeo não possua um professor. Desconfie se o cara que está demonstrando essas técnicas possui uma aparência relaxada e visivelmente destreinado. Desconfie se ele se autoproclama Mestre, Sensei, SiFu ou o que seja. Desconfie principalmente da técnica; Observe com calma, lógica e bom senso sua movimentação. Ouça suas justificativas para cada movimento e tente perceber o que é realmente o conceito da arte do que é puro ACHISMO. Não aceite logo de cara que o que ele está mostrando no vídeo nem vá crucificando também. Analise, perceba, tente ver alguma lógica e depois, monte sua opinião sobre....Com isso, você vai perceber que nem tudo o que reluz é ouro.

On the other hand, without the proper guidance of a qualified SiFu, there is no use having all the theoretical material on a particular kung fu line, whatever style it may be. Well, for collectors, it's always cool to have a material about a kung fu style. I myself have some old magazines and books on the subject, since there is very little material on our combat system. So collecting, as a hobbie until okay, but to practice with and only through this material, is definitely not enough to form a good fighter, much less to form a good teacher, as seems to be the tendency of most ' 'Youtchube fighters' ''; Be a recognized teacher of struggle and earn some on top .... But it's that idea; No one graduates at a higher level without completing a college, much less without a teacher or even in the garage at home or at the back of a yard ...

And what's the hint then?

Be wary if the guy who is speaking in the video does not have a teacher. Be wary if the guy who is demonstrating these techniques has a relaxed and visibly untrained appearance. Be wary if he proclaims himself Master, Sensei, SiFu or whatever. Be wary of technique; Observe with calm, logic and common sense your movement. Listen to your justifications for each movement and try to realize what the concept of art really is of what is pure ACHISM. Do not just take it for granted that what he is showing in the video does not go crucifying either. Analyze, perceive, try to see some logic and then, assemble your opinion about .... With this, you will realize that not everything that glitters is gold.




 


    













Dido
Discípulo particular do SiFu Marcos de Abreu em Recife-PE-Brasil


Dido
Private disciple of SiFu Marcos de Abreu in Recife-PE-Brazil

 



quarta-feira, 12 de julho de 2017

Notícias Wing Chun;SiFu Marcos participa de seminário com SiSok Gung Gorden Lo / News Wing Chun; SiFu Marcos participates in seminar with SiSok Gung Gorden Lo



Resultado de imagem para gorden lo wing chun


Durante o mês de Junho nos dias 3 e 4 SiFu participou do seminário internacional de Wing Chun com o meu SiSok Gung ( tio avô mais novo na genealogia) Gorden lo na sede da AWCA, presidida por Sibaak Marcelo Florentino. O seminário ( que por conta de alguns problemas no meu trabalho me impossibilitaram de participar) ocorreu com a presença ainda de Sibaak Cleber Domingues, também da Bahia.

SiSok Gung Gorden é sobrinho neto do patriarca Ip Man e é discípulo de Sitaaigung Duncan Leung, tendo fechado o sistema sob sua orientação. Gorden também é filho de Lo Man Kan, sobrinho de Ip Man e também seu discípulo, o que faz com que ele domine duas vertentes do Wing Chun; A ponte Longa e a Ponte curta. Segundo SiSok Gung, isto faz com que seu conhecimento sobre a arte seja mais abrangente.

SiFu contou-me o quanto se surpreendeu com seu vasto entendimento sobre a arte e sua habilidade, tendo sido proveitoso o treinamento intensivo, mesmo sendo apenas dois dias. A maioria de meus primos Kung fu puderam participar e tiveram grande oportunidade de praticar tanto com SiFu quanto com Sibaak Cleber e com o próprio Gorden.

Você poderá acompanhar a matéria completa em : http://awca.com.br/


During the month of June on days 3 and 4 SiFu participated in the international seminar of Wing Chun with my SiSok Gung (younger grandfather uncle in the genealogy) Gorden at AWCA headquarters, chaired by Sibaak Marcelo Florentino. The seminar (which, due to some problems in my work made it impossible for me to participate), was also attended by Sibaak Cleber Domingues, also from Bahia.SiSok Gung Gorden is nephew grandson of the patriarch Ip Man and is a disciple of Sitaaigung Duncan Leung, having closed the system under his guidance. Gorden is also the son of Lo Man Kan, nephew of Ip Man and also his disciple, which makes him dominate two strands of Wing Chun; The Long Bridge and the Short Bridge. According to SiSok Gung, this makes his knowledge about art more comprehensive.SiFu told me how surprised he was with his vast understanding of art and his skill, and intensive training was helpful, even though it was only two days. Most of my Kung Fu cousins ​​were able to participate and had a great opportunity to practice with both SiFu and Sibaak Cleber and with Gorden himself.
You can follow the complete article at: http://awca.com.br/











    













Dido
Discípulo particular do SiFu Marcos de Abreu em Recife-PE-Brasil


Dido
Private disciple of SiFu Marcos de Abreu in Recife-PE-Brazil

 
















terça-feira, 4 de julho de 2017

Treino comemorativo do dia memorial do Wing Chun; Wing Chun memorial day training





Resultado de imagem para ip man ving tsun
( Patriarca Ip Man durante a instituição da Hong Kong Ving Tsun Athletic Association)
(Patriarch Ip Man during the Hong Kong Ving Tsun Athletic Association)


Patriarca Ip Man quando da ocasião da abertura da Hong Kong Ving Tsun athletic association, instituiu a data de 04/07 como sendo o ''Dia memorial do Ving Tsun''. Esta data é importante para os praticantes de Wing Chun de todo o globo e em várias famílias kung fu. Essa data é especialmente comemorada, pois patriarca Ip Man sugestionou que os praticantes pudessem nesta data, memorar a importância de se valorizar a história dos mestres ancestrais, genealogia e a transmissão do sistema para as gerações futuras.


Patriarch Ip Man on the occasion of the opening of the Hong Kong Ving Tsun athletic association, instituted the date of 07/04 as the '' Ving Tsun Memorial Day ''. This date is important for Wing Chun practitioners from around the globe and in various kung fu families. This date is especially celebrated, as Patriarch Ip Man suggested that practitioners could on this date memorize the importance of valuing the history of ancestral masters , Genealogy and the transmission of the system for future generations.


( Meu assistente Eduardo, ao centro Gabi e eu no final do treino de ontem)
(My assistant Eduardo, to the center Gabi and I at the end of yesterday's training)


Aqui no núcleo Recife da Brazilian Wing Chun academy temos por natureza, memorar esta data de maneira bem simples e ao mesmo tempo, auspiciosa, com a pratica regular e o dia do treinamento voltado para falarmos sobre algumas histórias bem conhecidas de nossos ancestrais diretos. Muitas vezes, como foi o caso de ontem ( 03/04), não ''planejamos'' isso, ou nada do tipo. Deixamos que as coisas aconteçam durante nossas sessões de treinamento de forma natural, sem forçar absolutamente nada.


Here in Recife's nucleus of the Brazilian Wing Chun academy we have by nature, to remember this date in a very simple and at the same time auspicious way, with regular practice and the day of training directed to talk about some well-known stories of our direct ancestors. Often, as was the case yesterday (03/04), we do not '' plan '' this, or anything of the sort. We let things happen during our training sessions naturally, without forcing anything at all.


Imagem relacionada
(SiFu praticando no Muk Yan Jong)
( SiFu practicing on Muk Yan Jong)


Talvez o nome que eu mais fale na escola seja o de SiFu, e não o meu próprio ou o de qualquer outra pessoa, muito embora temos a ajuda e a parceira de vários outros mestres da nossa ramificação, meus Sibaakgungs ( tios avôs na genealogia do sistema). Todos os dias é impossível não mencionar uma história, uma conversa recente ou antiga ou algum momento em que estive com SiFu. Em especial, as nossas alunas aqui em Recife gostam muito de ouvir sobre como é o treinamento em Salvador, as ''pegadinhas'' que alguns de meus Si-Hings já aprontaram comigo e de como, apesar das minhas dificuldades, consegui e consigo ir a salvador para treinar 12 horas por dia com SiFu.


Perhaps the name I speak the most at school is that of SiFu, not my own or anybody else's, even though we have the help and partner of several other masters of our branch, my Sibaakgungs (uncles grandfathers in the genealogy of system). Every day it's impossible not to mention a story, a recent or ancient conversation or some time I've been with SiFu. In particular, our students here in Recife are very pleased to hear about the training in Salvador, the '' pranks '' that some of my Si-Hings have already done with me and how, despite my difficulties, I have been able to and I can go The savior to train 12 hours a day with SiFu.




Sendo assim, nosso treino ontem foi bem especial, justamente porque estávamos na véspera de uma data muito importante para nós, praticantes de Wing Chun. Tivemos momentos de muito suor...cansamos, batemos e fomos atingidos e estudamos os detalhes de tudo o que estávamos fazendo naquele momento. Logo depois, sentamos no chão do tatame e conversamos sobre nossas impressões sobre a arte, assuntos aleatórios e tudo o mais. Acredito que mesmo sem a consciência de estávamos na véspera da data mais lembrada por um grande numero de clãs de wing chun ao redor do mundo, ´nós estávamos ali, de coração, aproveitando o momento e praticando!


So, our training yesterday was very special, precisely because we were on the eve of a very important date for us Wing Chun practitioners. We had very sweaty moments ... tired, beat and hit and studied the details of everything we were doing at that time. Soon after, we sat on the floor of the mat and talked about our impressions about art, random subjects and everything else. I believe that even without the awareness that we were on the eve of the date most remembered by a large number of wing chun clans around the world, 'we were there, from the heart, enjoying the moment and practicing!



( Nossa aluna mais nova Giovanna, Gabi eu ao fim do treino ; Momento de descontração)
(Our youngest student Giovanna, Gabi I at the end of training, Moment of relaxation)


Não, não fazemos muitas cerimônias, nem nada muito pomposo para celebrar esta data. Mas fazemos aquilo que é o nosso melhor; Mantemos o treino o mais duro possível, ajudando a fortalecer o espírito e ao mesmo tempo, praticar o Wing Chun de nossa ramificação com a ideia de preservar uma arte tão peculiar.


No, we do not do many ceremonies, or anything too pompous to celebrate this date. But we do what is our best; We keep the training as hard as possible, helping to strengthen the spirit and at the same time practice Wing Chun of our branch with the idea of preserving such a peculiar art.







    













Dido
Discípulo particular do SiFu Marcos de Abreu em Recife-PE-Brasil


Dido
Private disciple of SiFu Marcos de Abreu in Recife-PE-Brazil
 




sexta-feira, 30 de junho de 2017

Especial Entrevistas; Si Fu Larry Saccoia ( deluxe edition) SPECIAL INTERVIEW; SIFU LARRY SACCOIA ( Deluxe edition)

Voltando com um dos mais aclamados posts do Blog do Dido, hoje re-editamos a entrevista feita com um dos maiores Mestres de Wing Chun de todo o planeta, meu Sibaakgung ( tio-avô-mais velho na genealogia da transmissão) Larry Saccoia.
A tradução foi feita especialmente por meu SiFu, SiFu Marcos Abreu e esta é uma entrevista que é das mais clássicas de todas já feitas aqui neste Blog!
 
Boa leitura
 
Coming back with one of the most acclaimed posts on the Dido Blog, today we re-edited the interview with one of Wing Chun's greatest Masters from around the planet, my Sibaakgung (great-uncle-in-transmission genealogy) Larry Saccoia.

The translation was made especially by my SiFu, SiFu Marcos Abreu and this is an interview that is one of the most classic of all already made here in this Blog!



Good Reading

 
 
ESPECIAL ENTREVISTAS;  SIFU LARRY SACCOIA
 
SPECIAL INTERVIEW; SIFU LARRY SACCOIA
 
 


1) Blog do Dido: Como foi o seu início no Wing Chun? Como foi o seu primeiro contato com esta arte marcial?
Resultado de imagem para Larry Saccoia wing chun
Larry: Eu comecei a aprender Tae Kwon Do quanto eu me juntei à Marinha dos Estados Unidos em 1976, e um amigo meu pediu-me para vir e checar esta escola de Kung Fu que ele encontrou e pediu a minha opinião. Essa era a Escola de Wing Chun de Virginia Beach. Eu fui com meu amigo numa tarde de Sábado quando Sifu Leung não estava lá, seu assistente Dave Meadows estava conduzindo a aula, eu então observei eles fazerem o Chi Sao e eu vi o valor deste treinamento, mas perguntei como isto seria aplicado. 
A resposta de Dave foi "a única maneira de fazer é tentar fazer sparring com um dos caras". Eu aceitei tentar, mas quis primeiro conhecer Sifu Leung. Então marcamos um encontro para combater no sabádo seguinte quando Sifu Leung estaria lá. Naquele sábado eu fui e conheci sifu, ele me perguntou porque eu queria combater e eu disse a ele que isso era para experimentar e aprender e entender sobre a arte dele. Ele respondeu...Seja meu convidado! Eu lutei com um estudante chamado Bred Butterfield, ele me jogou no chão em cima do meu próprio traseiro e quando eu levantei do chão eu fui até Sifu e perguntei se eu poderia ser seu estudante. Isso foi há 35 anos atrás!
2) Blog do Dido: Como foi o seu convívio e como você era assessorado por SiFu Duncan Leung? O que você nos poderia dizer sobre isto?
Larry: Treinar sob a orientação de SiFu Leung naqueles tempos passados era mais como nos submeter à tortura. Ele nos empurraria através do que ele pensava que éramos capazes de fazer. Eu me lembro quando treinamos na London Bridge School, não havia janelas, ar condicionado, estava mais de 37 graus na época do verão. Nós trabalharíamos nos Punhos que Perseguem*, na base, até vomitarmos e sifu nos gritaria levantem-se e trabalhem mais. Durante este período eu vi umas 100 pessoas vir e partir, apenas os mais dedicados estudantes ficariam e treinariam.
3) Blog do Dido: Em sua visão particular como você vê a posição do Wing Chun atualmente no contexto das artes marciais, em escala mundial, diante do aumento do interesse público nos esportes de contato e combate?
Larry: Na resposta desta questão a pessoa deve entender que o entendimento de Wing Chun de todo o mundo não é igual. Eu tive a oportunidade de viajar extensivamente e visitar muitos dos tão aclamados Mestres de Wing Chun. Em todas as minhas viagens, eu nunca conheci qualquer um que tivesse o profundo nível de entendimento em Wing Chun como sifu Duncan Leung. Lógico que essa é a minha própria opinião e há possivelmente outros que discordariam. Para mim, a principal coisa que demarca o Wing Chun de Sifu Leung de outros é a ênfase na sua aplicação em situações reais de luta. Então o que eu vi no passado eram lutadores de Wing Chun que não eram bem versados em sua arte participar em torneios de contato total e terminarem parecendo ruins. Isto sempre me frustrou porque isto não era um Wing Chun de boa qualidade, mas a impressão que era deixada ao público era que o Wing Chun não era uma arte marcial eficaz. Quanto na realidade o Wing Chun quando treinado corretamente é muito eficaz para combate e numa luta de contato total.
 
1)Blog do Dido;  How will you began practicing 'wing chun' how was your first contact with this martial art?
Larry Saccoia: I started learning Tae Kwon Do when I first joined the U. S. Navy in 1976, and a friend of mine asked me to come and check out this King Fu school he found to get my opinion. It was the Wing Chun Kung Fu school in Va. Beach. I went with my friend on a Saturday afternoon when Sifu Leung was not there, his assistant Dave Meadows was running the class. I watched them do Chi Sao and I saw the value of it's training, but asked how it would be applied. Dave's answer was the only way to find out is to try by sparring with one of the guys. I agreed to try, but I wanted to first meet Sifu Leung. So we made an appointment to spar on the following Saturday when Sifu Leung would be there. That Saturday I came and met Sifu, he asked me why I wanted to spar and I told him it was to try and learn and understand about his art. He said...be my guest!! I sparred a student named Brad Butterfield, he dumped me on my butt and when I got up off the floor I went to Sifu and asked if I could be his student. That was 35 years ago!! 
 2)Blog do Dido: How is the coexistence and how could you assess how training under the supervision of Duncan Leung? What could you tell us about that?
( SiFu Larry Saccoia and Duncan Leung at 80's)
(SiFu Larry Saccoia e Sitaaigung Duncan nos anos 80)
 
Larry Saccoia: Training under Sifu Leung back in those days was more like submitting to torture. He would push us beyond what we thought we were capable of doing. I remember when we trained in the London Bridge School, there was no windows, no air conditioning, it was over 100 degrees in the summer time. We would work on the chase punch with the horse until we puked and Sifu would yell at us to get up and work some more. During that time a saw 100's of people come and go, only the most dedicated students would stay and train. 
 
 3)Blog do Dido: In your particular vision, how do you see the position of wing chun currently in a general context in the martial arts world, in view of the increasing public interest in contact sports and combat?
Larry Saccoia: In answering this question, one must understand that everyone's understanding of Wing Chun is not equal. I have had an opportunity to travel extensively and visit many of the so called Wing Chun Masters. In all my travels, I have never met anyone that had the deep level of understanding or skill level in Wing Chun as Sifu Duncan Leung. This of course is my own opinion, and there may be others who would disagree. To me, the main thing that set Sifu Leung's Wing Chun apart from others is the emphasis on it's application in real fighting situations. So what I have seen in the past was Wing Chun fighters who were not well versed in their art participate in full contact tournaments and end up looking bad. This always frustrated me because it was not good quality Wing Chun, but the impression that was left to the public was that Wing Chun was not an effective martial art. When in actuality Wing Chun when trained properly is very effective for combat and in full contact fighting.
 
 
4) Blog do Dido: O Senhor acha que o Wing Chun teria dificuldades em ambientes controlados de competição? Seria fácil adaptar a estratégia do Wing Chun para um ambiente como o UFC?
 
Larry: Wing Chun é muito eficaz para o combate atual e luta real e poderia ser adaptado para competição no UFC. Mas a realidade é essa...as mais eficazes técnicas produzem danos permanentes a uma pessoa. Estas técnicas não deveriam ser usadas em competições e portanto impediriam o lutador de Wing Chun. Isto é como aparecer numa troca de tiros com uma  arma descarregada. Então seria difícil comparar verdadeiro Wing Chun a Jiu Jitsu Brasileiro no esporte de ringue, mas um lutador de Wing Chun experiente poderia se virar, enquanto restringe certas técnicas. 
5) Blog do Dido: Em todos estes anos de prática, experiência e ensino, quais aspectos você identificaria como os mais importantes no Applied Wing Chun em sua opinião?
 
Larry: O aspecto mais importante no Applied Wing Chun é a escolha do momento preciso. Uma boa escolha do momento é a combinação da habilidade de equilibrar-se, velocidade estrutural, reação reflexa e noção de distância. Um bom ajuste do tempo é a habilidade final em Wing Chun!!!
6) Blog do Dido: Você viajou por vários países próximo a SiFu Duncan e seu time em diversos eventos seminários e outros trabalhos afins. Poderia nos dizer uma passagem memorável para você?

Larry: Eu estava na China com o meu amigo Allan** lá em um campo, debaixo de uma árvore, nós vimos um homem jovem praticando um estilo de kung fu que não pareceu familiar para nós. Nós nos aproximamos dele e ele parou sua prática e ficou na dele. Allan o averiguou e perguntou a ele se ele quereria lutar comigo. Primeiro o cara não sabia o que fazer da gente, mas depois de conversar nós lhe dissemos que nós estávamos interessados em lutar para trocar conhecimento e experiência...Ele concordou. Ele me deu a a luta mais dura de qualquer um que pude me lembrar. Eu diria que saimos dali e ainda fomos embora como amigos.
7) Blog do Dido: Eu gostaria de lhe agradecer por sua atenção e pedir que deixe uma mensagem para nossos leitores brasileiros, e também seus contatos a quem possa estar interessado e se aprofundar mais na arte do Wing Chun.
Larry: Meu conselho é treinar duro e treinar seriamente...A mestria em Wing Chun virá unicamente após muitos anos de trabalho duro! Muitas pessoas que conheci não tem este tipo de dedicação, mas as recompensas bem compensarão o seu esforço. A disciplina*** que leva à mestria no Wing Chun irá se espalhar para todos os aspectos de sua vida, fazendo de você alguém muito melhor para isto... Vocês, caras, tem meus melhores desejos de Sucesso!!!
 
4)Blog do Dido; Do you think the wing chun would have difficulty adapting to controlled environments and competition? Would be easy to adapt the strategy of wing chun for an environment like a 'ufc'?
 
 

(Na foto, Mestre Larry Saccoia e seu parceiro e amigo SiFu Allan Lee na China)
         (photo; SiFu Larry Saccoia and his training Partner and friend SiFu Allan Lee in China)

Larry Saccoia: Wing Chun is very effective for actual combat and real fighting, and it could be adapted for competition in the UFC. But the reality is this....the most effective techniques produce permanent damage to a person. These techniques should not be used in competition, and thus would hinder the Wing Chun fighter. It's like showing up to a gun fight with an empty gun. So it would be hard to compare true Wing Chun to BJJ in the sporting ring, but a seasoned Wing Chun fighter could still hold his own, while holding back certain techniques.

 5)Blog do Dido;  In all these years of practice, experience and teaching, which aspects would you highlight as the most important in the applied wing chun in your opinion?

Larry Saccoia: The most important aspect of applied Wing Chun is proper timing....good timing is the combination of skill in balance, structural speed, reflex reaction, and judgment of distance. Good timing is the ultimate skill in Wing Chun!!! 

 6) Blog do Dido;  You traveled through several countries near the sifu Duncan and his team for various events, seminars and other related work. Could you tell us a remarkable passage for you?



Larry Saccoia: I was in Foshun China with my friend Allan, there in a field under a tree we saw a young man practicing a kung Fu style that did not look familiar to us. We approached him and he stopped his practice and became guarded. Allan inquired of him and asked him if would want to fight me. At first the guy didn't know what to make of us, but after talking we told him we were only interested in fighting for exchange of knowledge and experience....he agreed. He gave me the hardest fight of anyone I could remember...I would say we walked away even and walked away as friends. 

7)Blog do Dido;  I want to thank you for your attention and ask you to leave a message to our Brazilian readers, as well as your contacts, who may be interested in learning and getting deeper in the art of wing chun.

Larry Sacooia: My advice is to train hard and train seriously....mastery of Wing Chun will only come after many years of hard work!! Most people I have met do not have that type of dedication, but the rewards are well worth your effort. The disciple that it takes to master Wing Chun will spill over into all aspects of your life, making you a much better person for it....You guys have my best wishes for Success!!!

 
 
 



    













Dido
Discípulo particular do SiFu Marcos de Abreu em Recife-PE-Brasil


Dido
Private disciple of SiFu Marcos de Abreu in Recife-PE-Brazil